As fortes chuvas que caíram na região do Caparaó e Sul do Estado, na noite de sexta-feira (24) e madrugada de sábado (25) provocaram mais estragos em municípios capixabas. Segundo informações da Defesa Civil Estadual e Corpo de Bombeiros, três pessoas foram soterradas e milhares estão desabrigados e desalojados.

Alagamento no centro da cidade de Castelo. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Pelo menos cinco municipios registraram volumes expressivos de chuva, são eles Irupi, Muniz Freire, Iúna, Venda Nova do Imigrante, Brejetuba e Castelo. Em Iúna, uma criança foi soterrada e está desaparecida. Em Muniz Freire e Ibatida também houve casos de soterramentos e as vítimas foram socorridas por vizinhos.

Até a manhã deste sábado (25), a Defesa Civil contabilizou 3.767 desabrigados e desalojados por conta da chuva em vários municipios do Sul e Caparaó.

Quedas de barreiras e inundações

As primeiras informações dos batalhões do Corpo de Bombeiros da região dão conta de que as chuvas também provocaram inundações e interruções de estradas na cidade de Castelo. Em Muniz Freire houve alagamentos na area urbana.

Em Castelo, a Defesa Civil municipal informou que o rio que corta o Município subiu mais de 8 metros e inundou casas e comércio. Em alguns locais, os imóveis ficaram com água até o teto.

Leia também:   INSS antecipa pagamento do BPC de segurados no Espírito Santo
Chuvas elevou o nível do rio em 8 metros e inundou cidade de Castelo. Foto: Reprodução/Redes Sociais

No trevo de Iúna e nos quilômetros 71, 82 e 86 da BR-262 houve quedas de barreiras e interdições totais e parciais da rodovia. Estradas rurais também estão interditadas por deslizamentos de terra e quedas de árvores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here