Aos 74 anos, Alcidantes Rodrigues Barros faleceu na madrugada desta terça-feira (15), no Hospital Roberto Silvares, vítima de covid-19. A população jaguarense ficou comovida com a morte de Dantes e manifestou solidariedade à família em redes sociais. O sepultamento do corpo ocorreu pela manhã no cemitério municipal.

Filho de Dantes, o ex-secretário municipal de Cultura e pré-candidato a vereador Ricardo Barros lembrou que a família chegou em Jaguaré, oriunda de São Paulo, em 1984. Correndo da violência no estado paulista, Dantes decidiu morar em cidade pequena para ser gerente de uma fazenda que tinha 500 funcionários.

Dantes era torcedor fanático do Fluminense e apaixonado por futebol. Foto: Divulgação

Torcedor do Fluminense fanático e apaixonado por futebol, ele criou de forma voluntária uma escolinha de futebol no antigo campo do Ameriquinha, iniciando com nove crianças. Rapidamente e foi crescendo e onde passaram centenas de garotos. “Com ele tiveram oportunidade de não só jogar futebol, mas de conhecerem muitas cidades do estado e do Brasil e a cada um tratava como seu próprio filho” – frisou Ricardo. No esporte, Dantes também foi diretor do Botafogo de Jaguaré.

Leia também:   Anel de luz em torno do Sol chama a atenção no céu em São Mateus e Jaguaré

O filho enfatiza que Dantes também gostava de política e chegou a presidir o MDB (na época PMDB) de Jaguaré. Ele estava na expectativa de participar ativamente da campanha de Ricardo.

Casado com Anaide Costa Barros, dantes teve cinco filhos: Ricardo, Robson, Rubens, Rodinei e Renata. Deixa ainda netos e bisnetos. Dantes também chegou a ser escrivão do Fórum de Jaguaré.

“Era um cara alto astral, bem alegre, otimista e de ação, sempre colocava as coisas pra andar”, sustenta Ricardo. Ele acrescentou que o pai sempre quis estar perto dos filhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here