SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Netflix é a principal indicada para o Globo de Ouro. Se no ano passado a gigante do streaming sequer entrou para a competição, nesta edição sete produções entram na disputa pela estatueta dourada. Eles somam 17 indicações em 11 categorias.  Os resultados foram anunciados na manhã desta segunda (9), durante uma cerimônia em Los Angeles.
Dos cinco indicados na categoria principal, de melhor filme de drama, três são da Netflix:  “Dois Papas”, de Fernando Meirelles, “História de um Casamento”, de   Noah Baumbach  e “O Irlandês”, de Martin Scorsese.

Cena do filme “História de um casamento”. Foto: Netflix

O longa de Baumbach, que narra o divórcio de um casal, lidera com com um total de seis indicações. A produção disputa como melhor filme de drama, roteiro e trilha sonora. Protagonizado por Scarlett Johannson e Adam Driver, a dupla concorre na categoria de melhor atuação em drama e Laura Dern também disputa como melhor atriz coadjuvante.
Em segundo lugar, com cinco indicações cada, há “O Irlandês”, parceria de Martin Scorsese com a Netflix, e o último longa de Tarantino, “Era Uma Vez em Hollywood”.
Grande vencedor no Festival de Veneza, “O Coringa” conquistou quatro indicações, assim como o “Dois Papas”, do diretor brasileiro Fernando Meirelles.

Leia também:   Larissa Manoela é influenciadora digital em novo filme da Netflix
Cena do filme “Dois Papas”. Foto: Netflix

Na categoria de melhor filme estrangeiro, como já era esperado, “Parasita”, de  Bong Joon-ho está entre os indicados e disputa com “Dor e Glória”, de Pedro Almodóvar” e “Retrato de uma Jovem em Chamas”, longa da francesa Céline Sciammaque venceu a Queer Palm no último Festival de Cannes.
O filme sul coreano que conquistou a Pala de Ouro em Cannes também aparece em outras duas categorias. Ele ainda pode levar prêmio de melhor roteiro e o Jon-hoo de melhor diretor.
Também foram divulgados os concorrentes em categorias de TV. A cerimônia de premiação, uma das mais importantes do cinema e da televisão, está marcada para o dia 5 de janeiro de 2020. A cerimônia será comandada pelo ator e roteirista britânico Ricky Gervais.
Os vencedores são escolhidos pela entidade que reúne jornalistas de cinema de vários países e sediados em Los Angeles. A entidade é conhecida por valorizar mais o brilho dos artistas do que propriamente a qualidade das obras.
Como o prêmio é concedido pela imprensa, e não pelos membros da Academia de Hollywood, não é possível dizer que os indicados são um termômetro do próximo Oscar. Ainda assim, eles dão a largada para a temporada de premiações.

Cena do filme “O Irlandês”. Foto: Netflix

Veja a lista completa de indicados ao Globo de Ouro em cinema:

Leia também:   Larissa Manoela é influenciadora digital em novo filme da Netflix

Melhor filme de drama
“1917”
“O Irlandês”
“Coringa”
“Dois Papas”
“História de um Casamento”

Melhor ator de drama
Christian Bale, por “Ford vs. Ferrari”
Antonio Banderas, por “Dor e Glória”
Adam Driver, “História de um Casamento”Joaquin
Phoenix, “Coringa”
Jonathan Pryce, “Coringa”

Melhor atriz de drama
Cynthia Erivo, “Harriet”
Scarlett Johansson, “História de um Casamento”
Saoirse Romana, “Little Women”
Charlize Theron, “Bombshell”
Renee Zellweger, “Judy”

Melhor filme de comédia ou musical
“Meu Nome É Dolemite”
“Jojo Rabbit”
“Entre Facas e Segredos”
“Era Uma Vez em Hollywood”
“Rocketman”

Melhor ator de comédia ou musical
Daniel Craig, por “Entre Facas e Segredos”
Roman Griffin Davis, por “Jojo Rabbit”
Leonardo DiCaprio, por “Era Uma Vez em Hollywood”)
Taron Egerton, por “Rocketman”
Eddie Murphy “Meu Nome É Dolemite”

Melhor atriz de comédia ou musical
Awkwafina, por”The Farewell”
Ana de Armas, por “Entre Facas e Segredos”
Beanie Feldstein, por “Fora de Série”
Emma Thompson, por “Late Night”
Cate Blanchett, “Cadê você, Bernadette?”

Melhor diretor
Bong Joon-ho, por “Parasita”
Sam Mendes, por “1917”
Todd Phillips, por “Coringa”
Martin Scorsese, por “O Irlandês”
Quentin Tarantino, por “Era Uma Vez em Hollywood”

Leia também:   Larissa Manoela é influenciadora digital em novo filme da Netflix

Melhor ator coadjuvante
Tom Hanks, por “Um Lindo Dia na Vizinhança”
Al Pacino, por “O Irlandês”
Joe Pesci, por “O Irlandês”
Brad Pitt, por “Era Uma Vez em Hollywood”
Anthony Hopkins, por “Dois Papas”

Melhor atriz coadjuvante
Annette Bening, por “O Relatório”
Margot Robbie, por “O Escândalo”
Jennifer Lopez, por “As Golpistas”
Kathy Bates, por “Richard Jewell”
Laura Dern, por “História de um Casamento”

Melhor animação
“Frozen 2”
“O Rei Leão”
“Toy Story 4”
“Como Treinar seu Dragão 3”
“Link Perdido”

Melhor filme estrangeiro
“Parasita”
“Dor e Glória”
“The Farewell”
“Os Miseráveis”
“Retrato de uma Jovem em Chamas”

Melhor roteiro
“Parasita”
“Dois Papas”
“O Irlandês”
“Era Uma Vez em Hollywood”
“História de um Casamento”

Melhor trilha sonora
“Brooklyn Sem Pai Nem Mãe”
“Adoráveis Mulheres”
“Coringa”
“1917”
“História de um Casamento”

Melhor canção
“Beautiful Ghosts”, de “Cats”
“I’m Gonna Love Me Again”, de “Rocketman”
“Into the Unknown”, de “Frozen 2”
“Spirit”, de “O Rei Leão”
“Stand Up”, de “Harriet”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here