Em busca de atender a uma necessidade dos usuários e garantir o aumento de captações para manter o estoque de bolsas de sangue em nível ideal, o Hemocentro Regional de São Mateus passará a receber doadores de sangue e também para registrar doadores de medula óssea aos sábados. A Secretaria Estadual de Saúde detalha que os atendimentos serão feitos em um sábado por mês, totalizando seis datas até o final do ano.

“A unidade funcionará nos dias 27 de julho, 10 de agosto, 14 de setembro, 19 de outubro, 9 de novembro e 14 de dezembro. Nesses dias, o horário de atendimento será das 7h às 12h. Para fazer a doação, o voluntário deve comparecer na unidade até 11h20” – frisa a Sesa.

O objetivo da ação é garantir o aumento de captações para manter o estoque de bolsas de sangue equilibrado no Hemocentro de São Mateus.
Foto: Sesa/Divulgação

O Hemocentro Regional de São Mateus fica localizado na Rodovia Othovarino Duarte Santos, ao lado do Hospital Roberto Arnizaut Silvares (HRAS). Durante a semana, o funcionamento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, com cadastro do doador encerrando às 15h20.

 

Demanda dos doadores e importância do fluxo constante

A Secretaria Estadual de Saúde reforça que o objetivo da ação é garantir o aumento de captações para manter o estoque de bolsas de sangue equilibrado. Isso porque, alguns hemocomponentes têm a validade de apenas uma semana, sendo necessário ter um fluxo de doações constante, além de dar comodidade ao voluntário que trabalha durante a semana e não consegue ir ao Hemocentro em horário comercial.

De acordo com o diretor-técnico do Hemocentro Regional de São Mateus, Bruno de Oliveira, a unidade faz um trabalho constante de captação de doadores por ligações e mensagens. Com esse contato, foi feito um levantamento de disponibilidade desses voluntários para retornarem para doação e foi verificada a necessidade de abertura aos sábados para atender esse público.

“Nós ligamos e mandamos mensagem, em média, para 300 pessoas por semana. Sempre pegamos o motivo delas não poderem agendar um horário para fazer a doação. Vimos que tinha uma demanda grande de gente que não conseguia ir durante o horário comercial, mas tinham disponibilidade de ir aos sábados. Então, decidimos organizar esses horários extras para atender essas pessoas e aumentar as captações” – complementa.

 

Foto do destaque: Sesa/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here