Deputado federal reeleito com 73.384 votos, Helder Salomão afirma que deseja, nesta legislatura, concluir o mandato, em 31 de janeiro de 2019, com 40 projetos apresentados. Em entrevista à Rede TC, o deputado afirmou que lutará para que o Governo Federal não consiga aprovar a Reforma da Previdência ainda neste ano no Congresso Nacional. Helder Salomão foi o deputado federal reeleito com a maior votação no Estado. “Estou muito feliz com o resultado porque foi uma reeleição difícil. Isso é a confirmação e o reconhecimento do povo capixaba ao trabalho sério que eu tenho desenvolvido ao longo da minha trajetória política e, em especial, nos últimos quatro anos como deputado federal em que lutei pelos direitos dos trabalhadores brasileiros e na defesa dos projetos estratégicos para o Espírito Santo” – declarou.

O deputado afirma que está apreciando três projetos para serem apresentados ainda nesta legislatura na Câmara Federal, que considera um índice alto, se comparado com a maioria dos parlamentares. “Tenho apresentado uma média de dez projetos de lei por ano e isso é importante porque estamos debatendo temas como empreendedorismo, saúde, educação, assistência social, agricultura, microcrédito, idosos, crianças, adolescentes, defesa do consumidor, direitos humanos, meio ambiente. Então vou trabalhar para concluir esses três projetos para chegarmos a quarenta projetos em quatro anos. Além disso vou trabalhar para liberar os recursos que ainda não foram liberados” – comentou.

Leia também:   Prazo para justificar ausência no primeiro turno termina nesta quinta

Helder Salomão destaca três bandeiras de lutas do atual mandato que considera importantes: agricultura familiar, educação pública e o apoio a micro e pequena empresa. “Além disso eu desenvolvi um trabalho forte em Brasília para conseguir os recursos para a construção do Hospital Geral de Cariacica, que já foram liberados e o Governo do Estado já deu a ordem de serviço para a construção. Estou muito feliz e ao mesmo tempo consciente das dificuldades e dos desafios que teremos daqui por diante” – frisou.

O deputado detalhou ainda que conseguiu liberar, por meio de emendas individuais, R$ 53 milhões para cerca de 60 municípios capixabas, além da emenda de bancada, no valor de R$ 74 milhões, para a construção do Hospital Geral de Cariacica. “A emenda original era de R$ 124 milhões. Com os cortes promovidos pelo governo Temer, tivemos efetivamente a liberação dos R$ 74 milhões que serão decisivos para a construção deste hospital que será decisivo para ajudar a saúde pública no Espírito Santo. O hospital vai ficar em Cariacica, mas vai atender a demanda de todo o Estado”. Ele destaca ainda outras ações coletivas, como a liberação de dinheiro para a construção do Aeroporto de Vitória.

Leia também:   Prazo para justificar ausência no primeiro turno termina nesta quinta

Cariacica–ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here