O Espírito Santo tem um planejamento especial para o Verão 2023/24. Com reforço de efetivo, uso de tecnologias, planejamento estratégico e ampla divulgação dos atrativos capixabas em âmbito nacional, o Estado se prepara para o período de maior circulação de pessoas em seus balneários e regiões turísticas. O planejamento da Operação Verão 2023/24 foi divulgado nesta quinta-feira (14), em entrevista coletiva concedida na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), em Vitória.

A Operação Verão 2023/24 terá início no dia 26 de dezembro e se estenderá até 18 de fevereiro, durando 55 dias. Neste período, 27 municípios do litoral e do interior contarão com reforço de efetivo das forças policiais e planejamento estratégico para atendimento da população. O planejamento tem como objetivo garantir a ordem pública e a paz social e o efetivo previsto é de cerca de 620 agentes das forças de segurança por dia.

Foto: GovernoES/Destaque

A Operação Verão contará com a participação da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), Núcleo de Operações Táticas e Transporte Aéreo (NOTAer), Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), Capitania dos Portos do Espírito Santo e prefeituras municipais. O planejamento é realizado em conjunto com a Secretaria do Turismo (Setur).

“A integração entre órgãos estaduais, federais e municipais já é uma marca do nosso Estado, e na Operação Verão deste ano vemos, mais uma vez, esta coesão é importante. Estamos nos preparando para oferecer aos capixabas e aos turistas um Verão de tranquilidade, utilizando todas as tecnologias disponíveis para otimizar o trabalho desenvolvido pelos nossos operadores de segurança”, destacou o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho.

 

Segurança e tecnologias

A PMES atuará de forma ostensiva, com o objetivo de reprimir ações criminosas e levar sensação de segurança aos veranistas. Policiais a pé, em viaturas, a cavalo e em bicicletas atuarão diuturnamente nos municípios inseridos no planejamento. O reforço de efetivo será viabilizado por meio do pagamento de diárias e Indenização Suplementar de Escala Operacional (Iseo). O efetivo empenhado também conta com as unidades especializadas, como Batalhão de Missões Especiais (BME), Batalhão de Ações com Cães (BAC), Regimento de Polícia Montada (RPMont) e Batalhão de Trânsito (BPTran).

O Detran|ES vai atuar na realização de blitze integradas, contando com o efetivo de 20 agentes de trânsito próprios, viaturas e etilômetros para testes ativos e passivos. Segundo o diretor geral do Órgão, Givaldo Vieira, a fiscalização e a educação caminharão lado a lado durante a Operação Verão para reduzir o número de acidentes e contribuir para a segurança de capixabas e turistas.

“Além das operações do BPTran e do uso do Cerco Inteligente para planejar as ações fiscalizatórias, vamos reforçar a capacidade de atendimento dos serviços de guincho e pátio para a remoção e guarda de veículos apreendidos por crimes e infrações, bem como trabalhamos para ampliar o horário de atendimento nos feriados e final de semana nos pátios. No viés da educação de trânsito, lançamos nesta semana campanha publicitária com foco no combate à mistura da bebida e direção, que já veicula nas tevês, rádios, portais de notícias e redes sociais. E também realizaremos ações educativas integradas com o Corpo de Bombeiros nas praias e balneários localizados na Grande Vitória e no interior nos meses de janeiro e fevereiro”, afirmou Givaldo Vieira.

A PCES está reforçando o efetivo dos plantões da Delegacias Regionais das Regiões Metropolitana, Norte e Sul, bem como das Delegacias Distritais de Jacaraípe, Praia Grande (Fundão), Conceição da Barra e Piúma. Por meio do Teleflagrante, a PCES manterá plantões ininterruptos em todas as Delegacias Regionais do Estado. A Polícia Científica também reforçará os plantões do Departamento Médico Legal (DML) e das unidades de Serviço Médico Legal do interior do Estado.

O CBMES tem importante função neste período, promovendo a fiscalização de grandes eventos, coordenando e reforçando o trabalho das equipes de guarda-vidas em regiões de balneários e monitorando eventos climáticos extremos, que podem provocar incêndios em vegetação, em caso de seca, ou enchentes e deslizamentos, em caso de chuvas intensas.

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Espírito Santo, terá equipes extras nas regiões da Grande Vitória, Sul Capixaba, Meio Norte e Norte Capixaba, que vão realizar, diariamente, as atividades de abordagem e fiscalização. Também está disponível o aplicativo NAVSEG, que permite informar o plano de viagem, permitindo o acompanhamento pelas marinas, clubes náuticos, Capitanias, Delegacias e Agências. O patrulhamento no litoral capixaba também terá apoio do Núcleo de Operações Táticas e Transporte Aéreo (NOTAer).

Em todos os municípios contemplados no planejamento, a participação das Prefeituras Municipais é fundamental, tanto por meio de suas Guardas Municipais quanto por meio de suas equipes de guarda-vidas, que atuam em conjunto com as forças de segurança do Estado.

A implementação de soluções tecnológicas e inovações permitem que as forças de segurança atuem com mais agilidade e eficiência. O Cerco Inteligente do Estado é utilizado por diversas secretarias e órgãos de segurança, como forma de coibir crimes e monitorar vias do Estado; a Central de Teleflagrante atua de forma ininterrupta para a lavratura de procedimentos, unificando o atendimento nas Delegacias Regionais do Estado; o Centro de Inteligência da Defesa Civil (Cidec-ES) permite o monitoramento das condições climáticas em tempo real, prevenindo e mitigando impactos provocados por eventos extremos.

A Delegacia Online permite que qualquer cidadão registre um Boletim de Ocorrência pelo computador, sem a necessidade de se dirigir a uma Delegacia, do mesmo modo que é possível fazer o registro on-line de ocorrências de acidentes de trânsito sem vítimas pelos sites do Detran|ES e da PMES; já a PMES pode lavrar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em delitos de menor potencial ofensivo, sem a necessidade de ir até uma delegacia, evitando o deslocamento e reduzindo o tempo de atendimento da ocorrência.

O uso de Drones, bafômetros passivos e ativos, equipamentos de busca remota, além e investimentos como a aquisição de um microcomparador balístico, recursos para a implantação da Computação Embarcada, do Centro de Inteligência e Análise Telemática (CIAT) e do RG Digital demonstram como o avanço tecnológico auxilia o trabalho das forças de segurança em diversos aspectos.

 

Turismo

A Secretaria do Turismo (Setur), realizou ao longo de 2023, diversas ações de acordo com as diretrizes estabelecidas no planejamento estratégico do governo do Estado, visando ampliar a competitividade turística do Espírito Santo, aumento do volume das atividades e do fluxo de turistas na temporada do Verão em todo Estado. Foram sete feiras nacionais para colocar o destino Espírito Santo na prateleira do turismo nacional, focando a venda do destino no litoral capixaba, como Itaúnas, Vitória, Guarapari, Vila Velha, Marataízes, entre outros. Também durante o ano, a secretaria executou o Programa de Qualificação para o Turismo, com diversos cursos de capacitação para oferecer uma nova oportunidade de trabalho ou preparar o trabalhador do setor, com 550 vagas destinadas para municípios do litoral e 1.150 vagas em todo Estado.

O subsecretário de Estado do turismo, Fernando Rocha, presente na coletiva, também destacou outras ações. “Neste ano, lançamos o inédito edital de Famtour, Press trip e roadshow, chamamento que visa à promoção do destino por meio de ações com jornalistas, influenciadores digitais, blogueiros e agentes de viagem. Estas atividades ao longo do ano impactarão positivamente o fluxo da temporada de verão capixaba”, ressaltou Rocha.

Em novembro, a Setur lançou a campanha nacional, atrelando o turismo ao potencial econômico de investimento no Espírito Santo. Entre as peças, estão uma propaganda de televisão, exibida nacionalmente nas maiores emissoras do país, propagandas nos 16 aeroportos de maior circulação nacional, spots de rádio, campanha de boas-vindas, na qual uma equipe uniformizada recebe o turismo no aeroporto, rodoviária e estação de trem com brindes e material gráfico, entre outras ações.

O secretário de Estado do Turismo, Philipe Lemos, falou sobre a pesquisa de perfil do turista, realizada em janeiro pela Secretaria. “A Setur também realiza durante o Verão a pesquisa de perfil do turista, visando identificar origem, perfil socioeconômico, gastos, hábitos de viagem e avaliação dos destinos”, pontuou. A pesquisa acontece em dois momentos: durante o réveillon e o mês de janeiro e são lançadas separadamente.

 

Texto: Camila Ferreira e Tati Beling

Foto do destaque: GovernoES/Divulgação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here