SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A Secretaria de Saúde do estado de Minas Gerais divulgou um comunicado nesta segunda-feira (29) rechaçando a possibilidade de volta do Campeonato Mineiro em 26 de julho, como proposto pela FMF (Federação Mineira de Futebol).

O Coes-MG (Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais) avaliou o documento, que é semelhante ao adotado pela CBF para a volta do Campeonato Brasileiro, com algumas mudanças, e descartou o reinício das atividades no próximo mês.

“Diante de um panorama com piora da situação epidemiológica e assistencial, em que, inclusive, foi recomendado o retorno de todos os municípios que aderiram a Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 39 de 29 de abril de 2020 (Plano Minas Consciente) para a onda verde, a avaliação feita foi de que nenhum protocolo seria adequado ao momento”, informou por meio de nota oficial.

“Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento”, acrescentou.

Leia também:   Alimentação, alojamento e serviços domésticos são setores mais prejudicados no emprego, diz Ipea

O protocolo previa o retorno do Mineiro com partidas disputadas em um município apenas. Realizar os jogos em Belo Horizonte era a ideia da FMF. Restam seis datas para o término do torneio, incluindo duas rodadas da primeira fase e quatro jogos de semifinais e final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here