O governador Renato Casagrande disse que estuda a viabilidade financeira para a construção de um novo prédio para o Hospital Roberto Silvares. A declaração foi dada em reunião com empresários e outras lideranças da região na sede da Associação Empresarial do Litoral Norte do Espírito Santo (Assenor), na tarde desta terça-feira (7).

O presidente da Assenor, Natan Beltrame, entregou a Casagrande uma lista de reivindicações para a região. Entre os pedidos, estão os seguintes: construção de barragem no Córrego Bamburral, próximo do Bairro Santa Teresa; serviços de saneamento básico em São Mateus, incluindo Guriri; novo prédio para o Hospital Roberto Silvares; andamento do projeto de contorno de São Mateus; conclusão das obras de reforma e ampliação do Hospital Maternidade, apoio em projeto de recuperação e conservação de nascentes; atração de empresas para o Município e região; construção de sede para a Polícia Civil e de instalação do Serviço Médico Legal.

Casagrande relatou que as reivindicações serão destinadas às secretarias responsáveis por cada área abordada. Ele adiantou, contudo, que já está sendo estudada a viabilidade de novo prédio para o Hospital Roberto Silvares. Sobre a barragem, disse que é necessária a anuência dos proprietários dos terrenos da localidade. O deputado Freitas disse que, sobre o Hospital Maternidade, o Governo do Estado está cumprindo com o pagamento das parcelas do convênio com o HMSM.

Leia também:   Em agenda oficial no Estado, ministro da Saúde visita obras e participa de congresso

O presidente da Câmara Municipal, vereador Jorginho Cabeção, reforçou que o Legislativo está aberto no que for para o benefício do Município e mostrou preocupação para que São Mateus esteja preparado para receber o porto de Uruçuquara e não sofra com problemas sociais posteriores, citando, por exemplo, Macaé (RJ).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here