O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) esteve na Secretaria Municipal de Administração de Barra de São Francisco na manhã desta quinta-feira (13) cumprindo mandado de busca e apreensão de documentos, conforme nota emitida pela Secretaria Municipal de Gabinete e Comunicação no fim da tarde do mesmo dia.

De acordo com a nota, a ação tem relação com uma operação do Ministério Público Estadual que investiga possíveis fraudes em contratos de prestação de serviço por parte de empresas do setor privado com o setor público. “E uma dessas empresas presta serviço para a Prefeitura de Barra de São Francisco”, esclarece.

“Na manhã de hoje [quinta-feira, 13], ainda em sua residência, o Secretário Municipal de Administração teve o notebook e o celular de uso pessoal apreendido e posteriormente seguiu para o município de Linhares”, afirmou.

“Por fim, a Prefeitura tranquiliza a população francisquense e esclarece que está buscando informações detalhadas do processo que segue em segredo de Justiça. Tão logo, o Executivo Municipal transmitirá mais informações a respeito” – conclui a nota.

Leia também:   Espírito Santo confirma mais 1.008 casos de covid-19

São Mateus-ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here