SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A França anunciou nesta terça-feira (13) que suspenderá todos os voos do Brasil devido à situação da pandemia de Covid-19 no país.
O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro francês, Jean Castex, mas ainda não está claro quando a medida entra em vigor.

“Percebemos que a situação está piorando e decidimos, portanto, suspender todos os voos entre Brasil e França até novo aviso”, disse Castex.
No mês passado, o ministro da Saúde da França, Olivier Verán, disse que cerca de 6% dos casos de Covid-19 no país eram decorrentes das variantes mais contagiosas encontradas no Brasil e na África do Sul. Já a variante britânica, segundo o ministro, era responsável por 60% das novas infecções.

Até esta terça, a França registrou mais de 5,1 milhões de casos e 99 mil mortes por Covid-19, segundo a Universidade Johns Hopkins.
Um levantamento realizado pelo jornal Folha de S.Paulo a partir dos dados da Iata (associação internacional de transporte aéreo) aponta que o Brasil é o segundo país com maior número de restrições de entradas em outras nações, atrás apenas do Reino Unido.

Leia também:   Brasil registra 2.217 mortes por Covid e mais de 78 mil casos da doença em 24 h

Entre 150 países analisados, 25 colocaram restrições específicas ao Reino Unido, 17 ao Brasil -a Iata ainda não contabiliza a restrição imposta pela França- e 17 à África do Sul. A França é o sétimo da lista, com 10 barreiras. A soma considera os locais que baniram a entrada de passageiros que estiveram nesses países antes da viagem ou que vetaram voos vindos a partir deles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here