O Governo do Espírito Santo recebe na noite desta quinta-feira (21) os primeiros pacientes transferidos do Amazonas para dar continuidade ao tratamento contra o novo coronavírus em solo capixaba.

Conforme a Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual da Saúde, o acolhimento “acontece em detrimento da atual situação de grave crise sanitária na cidade de Manaus, com registros de falta de oxigênio aos pacientes, e também necessidade de leitos”.

A Sesa detalha que são 18 pacientes transferidos com quadro clínico estável, acompanhados de enfermeiros e médicos. Todos seriam encaminhados de ambulâncias para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no Município da Serra, após chegada ao Aeroporto de Vitória.

A transferência entre os estados está sendo organizada pelo Ministério da Saúde, via Força Aérea Brasileira (FAB). Já o processo de regulação acontece em parceria com as Secretarias de Saúde dos estados.

“Este é um momento de empatia e solidariedade por parte do povo capixaba para com o povo do Estado do Amazonas. O Sistema Único de Saúde se organiza e se mobiliza para responder a esta grave crise sanitária. Temos plenas condições de receber estes pacientes sem comprometer a garantia do acesso dos capixabas aos leitos Covid. Na data de hoje [ontem], estamos com 150 leitos de UTI disponíveis para atendimento exclusivo de pacientes Covid em todo o Estado” – destaca o secretário da Saúde Nésio Fernandes.

Leia também:   Dois mortos a tiros em Pinheiros

Segundo a Sesa, até esta sexta-feira (22), o Estado ainda pode receber outros pacientes do Amazonas.

“O Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, referência no tratamento de pacientes da doença no Espírito Santo, está preparado para receber todos os pacientes assim que chegarem na unidade. Todos ficarão em leitos de isolamento e passarão por avaliação médica para definição do leito de UTI ou enfermaria. O Serviço de Assistência Social estará em constante monitoramento de evolução do quadro clínico com apresentação de boletins diários” – frisa a Sesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here