Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) mostram que o Espírito Santo fechou o mês de junho e o primeiro semestre de 2019 com reduções históricas de homicídios. No total, de janeiro a junho deste ano, foram registrados 498 assassinatos, uma redução de 18,2% em relação ao número de casos em 2018, quando foram registradas 609 vítimas. É a primeira vez que o Estado termina um período de seis primeiros meses com menos de 500 homicídios na série histórica, que engloba o período entre 1996 e 2019.

De acordo com a assessoria do Governo do Estado, o mês de junho contribuiu de forma crucial para esse resultado. Foram registradas 59 mortes dolosas, menor número contando qualquer mês nos últimos 23 anos. O mês de julho de 2018 havia sido o melhor da série histórica, com 67 assassinatos. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a redução dos homicídios foi de 40%. Em julho de 2018, foram contabilizados 99 homicídios.

Leia também:   Ethel e Roney vencem a pesquisa informal para a reitoria da Ufes

“Atribuo essa redução de homicídios a fatores importantíssimos. Um dos principais é a definição de um foco, com o programa Estado Presente em Defesa da Vida, que é a prisão qualificada de homicidas e apreensão de armas de fogo. Depois vem a participação pessoal do nosso governador, que acompanha periodicamente os indicadores e realiza as reuniões onde são definidas as estratégias policiais para combate à criminalidade” – afirmou o secretário da Segurança Pública, Roberto Sá.

Sá ainda destacou e agradeceu às forças de segurança, exaltando o trabalho policial nas ruas. “Ao todo, prendemos cinco assassinos por dia e apreendemos nove armamentos diariamente no Espírito Santo. E para que isso aconteça, o ponto a ser destacado é a dedicação do nosso policial, que hoje entrega um grande resultado. Estão fazendo mais com menos. Com planejamento de ações e uso da tecnologia, conseguimos esses bons resultados, que ainda não estão satisfatórios, mas mostram que estamos no caminho certo” – ressaltou.

Para o secretário de Estado de Planejamento, Álvaro Duboc, os resultados provam que a política de redução da criminalidade do governador Renato Casagrande é eficaz: “Os resultados registrados nos seis primeiros meses deste ano mostram que a política de Segurança Pública realizada pelo Governo capixaba caminha na direção certa, com as ações previstas no Programa Estado Presente. Vale ressaltar que mesmo com a interrupção desse programa, pela gestão passada, o registro da violência tem sofrido redução ano após ano, no Espírito Santo, desde sua implantação em 2011, no primeiro Governo Renato Casagrande” – disse.

Leia também:   Em gincana, Bom Sucesso estimula leitura de obras de Elisa Lucinda

DESTAQUES

Confira outros pontos de destaque:
. Todas as Regiões Integradas de Segurança Pública apresentam redução dos casos de homicídios dolosos Risp 01 (Metropolitana) -16,9%, Risp 02 (Norte) -14,2%, Risp 03 (Sul) -36%, Risp 04 (Noroeste) -13,6% e Risp 05 (Serrana) -31%;
. Vinte e três municípios do Estado ainda não registraram homicídio este ano. Destaque para os municípios de Alfredo Chaves (último homicídio doloso ocorrido em 2015 e Marechal Floriano (último homicídio doloso ocorrido em 2016);
. Pela primeira vez no ano foi ultrapassada a marca de 100 homicídios a menos em relação ao mesmo período de 2018. Ao final do 1º semestre a diferença atingiu 111 homicídios a menos;
. Quatro homicídios registrados no mês de junho no Município de Vila Velha, este é o melhor resultado do ano;
. Oito homicídios registrados no Município de Serra (segundo melhor resultado do ano);
09 homicídios registrados no município de Cariacica, que repete o bom resultado apresentado no mês de maio (8 homicídios no mês de maio).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here