Nem Ludmilla, nem Iza, ou Anitta… Os capixabas têm a sua musa do pop: Morenna. Ela lançou recentemente um videoclipe da música autoral Blá-blá-blá, que rapidamente se tornou sucesso nacional e uma das cinco indicadas por Huglo Gloss para serem ouvidas nesta pandemia. O sucesso ainda rendeu um contrato com a gravadora Warner Music Brasil. Agora, Morenna prepara novos lançamentos, mas manda o recado: “Era Blá-blá-blá não acabou”.

Sobre a comparação com as divas cariocas, Morenna diz não se importar e até fica feliz. “Quem sabe um dia eu consigo chegar lá”. Com talento, jovialidade e muita criatividade, Stefany Senna Kulnis, nome de batismo da Morenna, sabe o momento mágico que vive na carreira no alto dos seus 26 anos e diz que tem outras músicas autorais que pretende lançar.

Ela entende que o Espírito Santo, terra do Regional Pizindim e de Casaca, Macucos, Rastaclone, Mukeka di Rato, Lordose para Leão, Manimal, Dead Fish e tantas outras bandas brilhantes, tem muito pouca visibilidade para o cenário musical nacional –com a devida exceção ao cantor Roberto Carlos, de Cachoeiro de Itapemirim. Mas entende que o momento é bom e que existem condições para muitas conquistas para a música espírito-santense. “Nós temos a Morenna!”, comemora.

Leia também:   Familiares e amigos dão adeus a Gilka Pessanha Negris

Natural de Vila Velha, Morenna tem familiares também em Conceição da Barra, no norte do Estado. Ela lembra do tio e padrinho Cláudio Senna, músico nas noites barrenses, com quem canta e toca sempre que possível. “Família de músicos”, afirma a musa pop capixaba.

Stefany lembra que deu os primeiros passos na música ainda aos 10 anos cantando no coral da escola. Depois, já aos 18, iniciou carreira profissional em grupos de pagode na Barra Jucu, integrou bandas de rap, como Solveris, foi eleita artista revelação da publicação internacional Genius, já gravou com o produtor DJ Caíque, e ainda se orgulha de ter se apresentado para mais de 5 mil pessoas no Circo Voador, no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here