O Município de Pedro Canário saiu de risco baixo para risco moderado no novo Mapa de Risco Covid-19 do Governo do Estado, que entra em vigor nesta segunda-feira (1º). Com mais de 1.000 casos confirmados e 27 mortes, a secretária municipal de Saúde, Andréa Santos destaca, em nota da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, que a recomendação à população “é se cuidar”, seguindo protocolos como uso de máscaras e o distanciamento social.

O primeiro caso confirmado da doença na cidade foi registrado pelo Painel Covid-19 no dia 16 de abril de 2020 e a primeira morte em 22 de maio do mesmo ano.

“Estivemos durante um longo período no risco baixo para contaminação do novo coronavírus. Com o feriado prolongado de Carnaval as pessoas saíram mais e o reflexo tem aparecido, a cidade retornando ao risco moderado e o vírus circulando. A recomendação é sempre se cuidar” – sustenta a secretária.

Coordenador do Gestão Integrada de Fiscalização Municipal (GIFIM), Fernando Flávio afirma que o trabalho da fiscalização é importante para conter a disseminação do vírus e manter a conscientização sobre os protocolos de distanciamento social. “É fundamental que nossa população tenha conhecimento de que a fiscalização não atua contra setores específicos, mas sim a favor da saúde de todos. A luta para conter a disseminação do vírus é árdua, precisa da colaboração de todos os canarienses” – conclui.

Leia também:   Mulher morre em acidente entre carro e moto na manhã desta terça-feira

NÚMEROS

Pedro Canário chega nesta segunda-feira (1) a 1.018 casos confirmados de coronavírus. Além de 27 mortes, o Município tem 950 moradores curados.

FOTO DE DESTAQUE: Prefeitura de Pedro Canário/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here