O bispo Dom Paulo Bosi Dal’Bó divulgou novo decreto nesta sexta-feira (20) com orientações e determinações sobre as atividades pastorais e celebrações litúrgicas que devem ser cumpridas por sacerdotes e fiéis na Diocese de São Mateus.

Conforme o decreto desta sexta (20), até o dia 31 deste mês março estarão suspensas missas, batizados, crismas, celebrações da Palavra, exéquias, bênçãos, procissões, vias-sacras, encontros de oração e recitação do terço em grupo. A suspensão também se estende a encontros de grupos de reflexão, ensaios de cantos, além de catequese de crianças, adolescentes e adultos, entre outras atividades que envolvam reunião de pessoas.

As secretarias paroquiais e a Cúria Diocesana manterão o expediente normalmente, seguindo as normas sanitárias emitidas pelos órgãos de saúde.

Foto: TC Digital/Arquivo

CASAMENTOS

No caso de cerimônias de casamento que já estavam agendadas para ocorrer nas igrejas, o decreto assinado por Dom Paulo orienta os párocos a empenhar esforços com os noivos para adiarem e agendarem nova data a partir de agosto.

No entanto, os casais que decidirem realizar os matrimônios, devem respeitar as determinações das autoridades de saúde, como redimensionar a quantidade de pessoas convidadas, determinando um limite de pessoas que poderão participar da celebração.

Leia também:   Brasil ultrapassa 1,6 milhão de casos confirmados de Covid-19

OUTRAS SUSPENSÕES E ORIENTAÇÕES

Segundo o decreto, ficam suspensas as visitas dos ministros extraordinários aos doentes e idosos até nova determinação. A determinação vale também para a celebração do sacramento da Unção dos Enfermos. É recomendada a Missa pelos Enfermos sem povo, transmitida pelas redes sociais.

Em caso de falecimento de um paroquiano, o padre será comunicado para que reze a “missa sem povo” pelo falecido e consolo da família durante este período, ou seja, não serão rezadas as exéquias ou missas publicamente. Os velórios não poderão acontecer nos espaços pertencentes à comunidade (salão comunitário, salão paroquial, salas de catequese, igreja e outros).

ORAÇÃO

Dom Paulo convocou também o clero e os fiéis a rezarem pelo fim da pandemia do novo coronavírus. “Conclamo a todos, ou quem puder, todos os dias ao meio-dia, onde os ponteiros apontam para o céu, e às 18h onde os mesmos ponteiros unem o céu e a terra, se possível, parar o que estivermos fazendo e rezarmos de um a cinco minutos pela vida e pelo fim desta pandemia. Precisamos urgentemente unir o céu e a terra para que esta crise passe logo. Deus abençoe a todos” – diz o texto do decreto assinado por Dom Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here