Os dados da estação pluviométrica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), instalada no Bairro Litorâneo, registrou 79.2 milímetros de chuvas na madrugada desta quarta-feira (13). Segundo dados do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, este volume de chuva é quase a metade de toda a precipitação esperada para todo o mês de novembro, que fica entre 160 e 200 milímetros. De acordo com os dados do Inmet, a chuva mais forte foi registra entre as 2h e 7h.

A Coordenação de Meteorologia do Incaper indica que a instabilidade, provocada por uma frente fria no mar, permaneça sobre o Espírito Santo nesta quarta-feira por conta da presença da umidade trazida por ventos costeiros. “Previsão de chuva em alguns momentos em todo o Estado. As temperaturas seguem amenas em todas as regiões e o vento sopra com até moderada intensidade no litoral sul” – afirma.

 

QUINTA-FEIRA

Já na quinta-feira, a nebulosidade começa a diminuir no Estado, segundo o Incaper. “No entanto, em razão da presença da umidade vinda do mar, chove de forma esparsa em alguns momentos do dia em todo o Espírito Santo. O vento sopra com até moderada intensidade no litoral sul e as temperaturas máximas em elevação em todas as regiões”.

Leia também:   Petroleiros convocam população a protestar contra saída da Petrobras de São Mateus

 

FERIADÃO

No feriadão que começa na sexta-feira do feriado, o Incaper prevê que o Sol volta a predominar no Espírito Santo. “Não chove, as temperaturas seguem em elevação e o vento sopra de intensidade moderada a forte por todo o litoral e em alguns pontos da região Serrana”. A tendência para sábado e domingo é de tempo ensolarado.

CHUVAS EM SÃO MATEUS

Apesar de o Corpo de Bombeiros informar que não houve nenhum atendimento de emergência relacionado a chuvas, o secretário municipal de Obras Valter Pigati afirmou que equipes da Prefeitura trabalham desde as primeiras horas da manhã fazendo alguns reparos e atendimentos na Cidade.

De acordo com ele, um cavalo morto em acidente de madrugada na Rodovia Othovarino Duarte Santos, próximo à ponte sobre o Rio Mariricu, já estaria sendo removido. Reparos também estavam sendo feitos numa manilha no Bairro Novo Horizonte e uma árvore que caiu na Rua do Teimoso estava sendo removida na manhã desta quarta.

Leia também:   Nem todo trabalhador terá direito ao saque de R$ 498 do FGTS. Entenda

Ainda segundo Pigati, as equipes também já atuavam pela manhã na retirada da água empoçada na área centro da Guriri. Um monitoramento também estaria sendo feitos nos demais bairros para identificar outras demandas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here