O Fluminense conquistou uma importante vitória na noite desta quinta-feira (14), ao vencer o Flamengo por 1 a 0 no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara. O gol de Luciano, aos 47 do segundo tempo, garantiu o Tricolor na final da competição, domingo, às 17h, contra o Vasco. O técnico Fernando Diniz disse estar orgulhoso do que viu em campo. Os principais pontos da entrevista coletiva do treinador foram os seguintes:

ANÁLISE
“As duas equipes procuraram jogar na sua característica, a gente precisava da vitória e o Flamengo só o empate para classificar. As estratégias são diferentes e o estilo de jogo que adotam é conhecido de todo mundo. O Abel é um excelente treinador, estrategista, mas a gente estudou bastante o Flamengo e foi um jogo bem decidido, conseguimos marcar no final e foi determinante para a classificação”.

“Gosto de correr risco”, diz Diniz. Foto: Lucas Merçon/ Fluminense F.C.
COMEMORAÇÃO
“Na hora do gol, da emoção, a gente não pensa, sou assim mesmo, reação instintiva. A gente tem que extravasar com um gol como esse e não tenho como conter uma emoção natural como foi essa”.

Leia também:   Flamengo recebe o Volta Redonda de olho no título do Estadual

OUSADIA
“Quando o resultado vem, os comentários são positivos, mas se perde é criticado. O resultado do jogo, tenho convicção bastante forte e assumo o risco, mas temos a cabeça no lugar. Gosto de correr riscos, foi conversado no intervalo que tentaríamos procurar a vitória e fomos coroados, foi mérito e fruto do trabalho, de acreditar, da coragem de executar em campo”.

AVALIAÇÃO
“Como a equipe joga com posse de bola, procuro adiantar o time e fazer a marcação, pressionar sem deixar espaço para o adversário. Tivemos momentos que erramos, oscilamos no jogo e eles até causaram perigo para o nosso time, mas conseguimos preencher os espaços. Estamos no início de trabalho, vamos procurar descansar para o jogo contra o Vasco, eles têm um dia a mais de descanso e agora vamos virar a página e pensar no domingo”.

FINAL
“O que tem é o charme do futebol carioca, que não tem em lugar nenhum do Brasil, o valor simbólico muito grande. Vamos disputar o título que não te dá a vaga na final, mas simbolicamente para o torcedor, é uma decisão e tem toda essa carga emocional. O torcedor tem um domínio muito grande no que acontece, faz parte de uma maneira muito forte, para o torcedor é muito importante”.

Leia também:   Fluminense analisa questões jurídicas para transmitir final com Flamengo

TORCIDA
“Vai voltar aos poucos e depende muito do que fizermos em campo. Quero parabenizar quem veio, um número menor, mas que conseguimos ouvir o jogo todo. A torcida apoiou o tempo todo e foi determinante para o resultado final do jogo. Temos que valorizar a vida enquanto estamos aqui e imprimir o máximo de amor naquilo que a gente faz”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here