MÔNICA BERGAMO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A ex-presidente Dilma Rousseff (PT-RS) usou seu perfil no Twitter para responder aos ataques que sofreu no início da tarde de Ciro Gomes (PDT-CE). O presidenciável a classificou como “uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela Presidência”.

A ex-presidente escreveu: “Só Ciro é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção. Esta é a sua visão quando se trata de avaliar o resto da humanidade. Mas quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina”.

Segundo a petista, Ciro se diz “arrependido” de ter defendido a democracia. “E ainda usa os mesmos argumentos dos golpistas que diz ter combatido”, escreveu. Ela também afirmou que o presidenciável “sistematicamente distorce os fatos. E, nisso, não se difere em nada de Bolsonaro. Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem.

Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam”.
Com as mensagens, Dilma disse que estava encerrando o que chamou de “polêmica estéril”. “O Brasil precisa é discutir a gravíssima crise democrática, social, sanitária e econômica em que se encontra. Lamento ter, em algum momento, dado a Ciro Gomes a minha amizade. ”

Leia também:   Pacheco acerta filiação ao PSD, 1º passo rumo a possível candidatura à Presidência

Os ataques de Ciro foram feitos após a ex-presidente dizer mais cedo em um post que ele estaria tentando “de todas as formas” reagir à sua “baixa aprovação popular”. “Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço”, escreveu Dilma.
“O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas”, seguiu a petista.

 

Foto do destaque: Leonardo Fernandes/Brasil de Fato

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here