A Assembleia Legislativa aprovou a Indicação nº 1.842, de autoria do deputado estadual Marcos Garcia (PV), na qual o parlamentar sugere ao Governo do Estado a implantação do Botão de Segurança no Campo, um dispositivo de preventivo, com o objetivo de aumentar a segurança dos produtores rurais. “Infelizmente o produtor rural fica isolado em sua propriedade, uma vez que, em muitas regiões, não há sequer telefone ou internet. Em caso de necessidade, como o produtor rural vai pedir ajuda?” – argumenta o deputado, em mensagem enviada à Rede TC.

Marcos Garcia lembra que as vias rurais geralmente não são asfaltadas e bem pouco iluminadas, as residências ficam distante de outras em meio a vastas áreas de vegetação ou plantações. “Isso propicia a ação de marginais, principalmente pelo fato de o destacamento da Polícia Militar ser distante, e o patrulhamento rural não conseguir abranger todas as áreas”.

Pela proposta do deputado Marcos Garcia, para ter direito ao Botão de Segurança no Campo, o morador da área rural deverá ser cadastrado pela Polícia Militar e manter os dados atualizados. Ao acionar o botão, um alarme será enviado ao posto policial mais próximo, que deslocará uma equipe da Patrulha Rural para a propriedade.

Leia também:   Ethel lidera lista tríplice para a reitoria da Ufes

INTERNET
NO CAMPO

Marcos Garcia afirma ainda que também já fez várias indicações ao Governo do Estado solicitando a instalação de torres em comunidades rurais de Linhares, Vargem Alta, Pedro Canário, Ponto Belo e Vila Valério.

“De norte a sul do Estado, a demanda é sempre a mesma. Em muitas comunidades o produtor rural está isolado do resto do mundo, sem telefone, sem internet e sem segurança. Estamos falando de inclusão e desenvolvimento com qualidade de vida para o trabalhador do campo. O acesso à comunicação digital fortalece a nossa produção e a comercialização dos produtos agrícolas. Essa tem sido uma das prioridades em meu mandato” – complementa o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here