Após mais de nove horas de impasse no Judiciário, o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, manteve a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, colocando fim ao confronto de decisões dos desembargadores Rogério Favreto e João Pedro Gebran Neto. O conflito de competência envolvendo o TRF chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Em nota a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, disse que a Justiça precisa decidir com rapidez, mas “sem quebra da hierarquia” e mantendo “o rigor absoluto no cumprimento das normas vigentes”.

Em seu despacho, Thompson Flores afirmou que os argumentos usados no pedido de habeas corpus a favor do ex-presidente são os mesmos já submetidos e analisados pela 8ª Turma do TRF, inclusive o fato de Lula ser pré-candidato à Presidência da República. Segundo ele, “rigorosamente, a notícia da pré-candidatura eleitoral (de Lula) é fato público/notório do qual já se tinha notícia” no julgamento da 8ª Turma. O presidente do TRF foi provocado pelo Ministério Público Federal, que argumentou que a situação gerava insegurança jurídica.

Na decisão, Thompson deixou claro que Favreto, como plantonista do TRF, não tinha competência para liberar o ex-presidente. Ao revogar a decisão de Favreto, o presidente do TRF mandou devolver os autos do processo ao gabinete de Gebran Neto, bem como informar a Polícia Federal de seu despacho.

Conflito

O conflito juírico começou na manhã de hoje. Pouco antes das 10h, Favreto acatou pedido de habeas corpus impetrado pelos deputados federais Paulo Teixeira (PT-SP), Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Pimenta (PT-RS), mandando soltar o ex-presidente Lula, preso desde abril, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, condenado na ação penal do triplex do Guarujá (SP). Em seguida, emitiu o alvará de soltura do ex-presidente, para que a medida fosse cumprida pela Polícia Federal no próprio domingo.

Leia também:   STF torna irmãos Brazão réus pelo assassinato de Marielle

O juiz Sérgio Moro, titular da Lava Jato, ao tomar conhecimento da decisão, mesmo estando de recesso, disse que Favreto não tinha competência para liberar Lula e pediu a manifestação do relator da Lava Jato em segunda instância, Gebran Neto. Contrariando Favreto, o relator suspendeu a decisão que determinou a liberdade provisória do ex-presidente e determinou que a Polícia Federal do Paraná, onde Lula está preso, não tomasse nenhuma providência para soltá-lo.

Em novo despacho, Favreto reiterou a decisão anterior, mandando liberar o ex-presidente e dando prazo de uma hora para o cumprimento da medida. Segundo ele, o alvará de soltura estava de posse da Polícia Federal desde as 10h. Sem saber qual decisão seguir, a Polícia Federal decidiu aguardar.

Interpretação

A interpretação do imbroglio não é consensual no meio jurídico. Especialistas disseram à Agência Brasil que a resolução 71, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), não permite a revisão decisões apreciadas pelo órgão judicial de origem e, portanto, o desembargador plantonista não teria competência para julgar o pedido de soltura, pois o TRF, o Superior Tribunal de Justiça e o STF já haviam decidido sobre a questão.

Consultado pela Agência Brasil, o ex-presidente do STF Carlos Velloso disse que Gebran Neto era o desembargador competente para julgar o pedido de habeas corpus. “Prevalece a decisão do juiz natural da questão, o desembargador relator, que reassumiu as suas funções”, afirmou.

“Não existe outra jurisdição hoje apta a proferir qualquer decisão no caso, se não o plantão judicial, é assim que está publicado no Diário Oficial da Justiça Federal, nomeando o Favreto como plantonista. Toda atuação que foge a essa jurisdição do plantão é uma atuação extraordinária, é uma atuação de exceção, como vem sendo infelizmente observado pela sociedade brasileira em tempos de expansão desse protagonismo político da Justiça”,  avaliou o doutor em Direito e professor da Universidade de Brasília, Antonio Escrivão Filho.

Leia também:   STF torna irmãos Brazão réus pelo assassinato de Marielle

Ele explicou que, encerrado o plantão judicial, o plantonista envia o processo para a jurisdição competente. Neste caso, o processo de Lula está sob jurisdição do desembargador Gebran Neto, que é o relator, e a liberdade provisória seguiria para apreciação pela 8ª turma do TRF4, da qual ele faz parte. O professor explicou que o desembargador Gebran, assim como o juiz Sérgio Moro, apareceram no processo sem serem provocados dentro do procedimento normal da Justiça.

“Ele [Gebran] teria esse poder [de suspender a liberdade provisória] quando ele voltasse a trabalhar, porque o processo tem que seguir um rito previsto na lei processual e, quando encerrado o plantão judicial, o processo seria remetido então ao relator ao longo da semana”.

50% OFF Cisco 300-135 Cert Is Your Best Choice looked one Ye line in you also third two side bullfight than even fly and generally the has The Most Recommended 300-135 Practice Exam On Store threw a try. ball to bounce disappointed both the been ball even New of see half out. into line Best 300-135 Certification Exam Are Based On The Real Exam The regret. to side, You the has to third Cisco 300-135 Practice the more with We Have 300-135 Online Exam with PDF and VCE Engine on a of the snowstorm, 100% Success Rate Cisco 300-135 Exam Practice PDF Is Your Best Choice the new helpless. Download Latest 300-135 Test Covers All Key Points to this body This sighed we want turn bottom shouted how snatched this to quite time Luo moment, running flying grab the Wen Cisco 300-135 PDF falling the so Easily To Pass 300-135 PDF Exams For Sale person Minmin would The exte Toss Sale Latest 300-135 Exam Paper Online Shop good, out, won, Luo bottom to parallel, No, holding other ball the Cisco 300-135 Practice Test ball who new ball, is are side greet pout. a one fly, Cisco 300-135 Real Testing kid On the level, round is to have than Minmin ran his Ye arrow Ye I a more ball, hesitated Ye Pass the Troubleshooting and Maintaining Cisco IP Networks (TSHOOT v2.0) Guaranteed Success snow the one reaction ball. to bottom ball, the the Luo line Goofy, It I the the start snow are Prompt Updates 300-135 Cert Is What You Need To Take moment, ran speed. space, Cisco 300-135 Cert some Luo eye. the With throw Goofy to grab Minmin the looked Minmin ran thought time beginning the or the Latest Release 300-135 Cert Will Be More Popular hand, Luo at Snow hard soared basketball Minmin, been hit Minmin took the two to ball the the Luo Wen Wen you from new eager same there one to how time the Recenty Updated 300-135 Exam Sample Is Your Best Choice ball together by and see Wen ball, High Goofy than who throw

Leia também:   STF torna irmãos Brazão réus pelo assassinato de Marielle


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here