Sem dificuldades e diante de um forte calor que castigou o estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima, o Cruzeiro passou pelo Villa Nova, por 3 a 0, pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Foi o centésimo triunfo da Raposa sobre o rival em jogos pelo Estadual. Além do feito, o time celeste também mantém um tabu de quase 20 anos sem derrotas para a equipe novalimense. Fred e Rafinha marcaram no primeiro tempo. Na segunda etapa, Raniel marcou o terceiro e fechou o placar.

 A partida marcou a estreia do meio-campo Rodriguinho e do lateral-esquerdo Dodô, esse último jogou durante os 90 minutos enquanto Rodriguinho foi substituído por Thiago Neves no segundo tempo.

Com o resultado, o Cruzeiro permanece na segunda posição do Estadual, empatado em número de pontos com o América-MG, atrás apenas no saldo de gols.

O elenco cruzeirense folga nesta segunda-feira e volta aos trabalhos na terça-feira, na Toca da Raposa 2. O próximo compromisso será no domingo, contra o Tupynambás, às 17h, no Mineirão, pela sexta rodada da competição.

O JOGO

A primeira oportunidade da partida foi do Cruzeiro, logo aos três minutos de jogo. Rafinha cruzou pela esquerda e achou Fred dentro da área, o centroavante cabeceou com perigo.

Leia também:   Homem é baleado no Vila Nova

O Cruzeiro voltou a atacar com perigo aos 17 minutos. Dodô pegou a rebatida da defesa e serviu Ariel Cabral, o argentino ajeitou e bateu de canhota, a esquerda do gol de Georgemy.

Três minutos depois foi a vez do estreante da tarde mostrar a que veio. Rodriguinho recebeu o passe de Rafinha e arriscou da intermediaria, a bola foi com perigo, por cima do gol.

Aos 25 minutos foi a vez de Marquinhos Gabriel. Ele recebeu o passe de Lucas Romero, enganou o zagueiro na passada de Orejuela e bateu para o gol. Por pouco a bola não ganhou as redes, saindo por cima.

A pressão surtiu efeito aos 37 minutos. Orejuela recebeu pela direita, levantou a cabeça, e da entrada da área cruzou para Fred, o artilheiro se posicionou bem e de cabeça abriu o placar para a Raposa. 1 a 0.

Dez minutos depois, Fred viu a passagem de Lucas Romero pela direita e tocou, o volante cruzou para área e Rafinha bateu para o gol, Georgemy rebateu, Rodriguinho tentou no rebote e Georgemy pegou de novo e Rafinha não perdoou e ampliou o placar. 2 a 0.

Leia também:   Homem é baleado no Vila Nova

SEGUNDO TEMPO

A primeira chance da etapa complementar só aconteceu aos 17 minutos. Marquinhos Gabriel avançou ate a entrada da área e chutou forte, Georgemy deu o rebote, Rodriguinho ficou com o rebote e cruzou, a zaga afastou o perigo.

Com 21 minutos, o Cruzeiro chegou com perigo. Marquinhos Gabriel recebeu ótimo lançamento de Rodriguinho, avançou para área e cruzou, Fred e Rafinha chegaram atrasados.

Três minutos depois, quase Fred faz o segundo dele. O camisa 9 recebeu na intermediaria e arriscou para o gol. A bola foi com violência para o gol obrigando Georgemy a fazer grande defesa para escanteio.

Aos 30 minutos, o Cruzeiro quase aumentou o placar. Renato Kayzer, que havia entrado no lugar de Rafinha, cobrou falta, a bola sobrou para Ariel Cabral pela esquerda que cruzou para a área, Fred dominou e ajeitou para Marquinho Gabriel, o meia bateu de primeira e abola passou com grande perigo, a direita do gol de Georgemy.

Cinco minutos depois, Raniel entrou no lugar de Fred, e na segunda vez que pegou na bola colocou ela nas redes. Thiago Neves, que entrou no lugar de Rodriguinho, deu um lançamento primoroso para Renato Kayzer, o atacante correu mais que o marcador e cruzou rasteiro, Georgemy rebateu pro meio e Raniel apenas completou para o gol. 3 a 0.

Leia também:   Homem é baleado no Vila Nova

Fim de jogo e o Cruzeiro mantém um tabu de quase 20 anos sobre o rival mineiro com uma goleada em Nova Lima.

VILLA NOVA 0 X 3 CRUZEIRO

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 03/02/2018 (domingo)
Local: Estádio Castor Cifuentes, em
Público pagante:
Público presente:
Renda: R$,00
Gols: Fred aos 37 e Rafinha aos 47 minutos do primeiro tempo. Raniel aos 35 minutos do
segundo tempo.
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (CBF)
Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Dodô; Lucas Romero, Ariel Cabral, Marquinhos Gabriel e
Rodriguinho (Thiago Neves), Rafinha (Renato Kayzer) e Fred (Raniel)
Técnico: Mano Menezes
Villa Nova: Georgemy, Renato Bruno, Rafael Vitor, Gabriel e Iury; Eurico, Denilson, Dinei e Cassiano (Luiz Fernando); Hiwry (Pinguim) e Higor (Joãozinho)
Técnico: Eugênio Souza
Cartões amarelos: Orejuela, (Cruzeiro), Hiwry, Pinguim, Iuri, Eurico (Villa Nova)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here