O crescimento de empregos em São Mateus em quatro anos superou o percentual do Espírito Santo, conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Governo Federal. No Município, de maio de 2020 para maio de 2024, o aumento no estoque de pessoas empregadas foi de 40,61%. Já o Estado registrou um crescimento de 26,92% no mesmo período.

Quando comparados os dados de maio de 2024 com o mês de fechamento do primeiro ano da pandemia, dezembro de 2020, o crescimento na geração de empregos em São Mateus foi de 39,70%, enquanto no Espírito Santo foi de 22,01%.

Em 2024, São Mateus fechou janeiro com 22.740 pessoas empregadas formalmente. Com tendência de crescimento, chegou a maio com um estoque de 24.004 empregos.
Foto: TC Digital

 

2020

Em números absolutos, em janeiro de 2020 São Mateus registrava, de acordo com o Novo Caged, um estoque de 18.088 pessoas empregadas em todos os setores da economia. Impactado pela pandemia da covid-19, no mês maio esse número caiu para 17.071, ou seja, em cinco meses foram fechados 1.017 postos de trabalho no Município. Contudo, em dezembro do mesmo ano já havia uma sinalização de recuperação, com o ano encerrando com um estoque de 17.182 pessoas formalmente empregadas.

Em 2020, o Estado registrou um estoque de 739.036 pessoas empregadas em janeiro, 712.091 em maio e fechou dezembro com 740.769 trabalhadores com carteira assinada.

 

2024

Neste ano de 2024, São Mateus fechou janeiro com 22.740. Seguindo a tendência de crescimento, chegou a maio com um estoque de 24.004 empregos. Por sua vez, o Espírito Santo alcançou 877.588 pessoas formalmente empregadas em janeiro deste ano e atingiu 903.819 em maio.

 

INDÚSTRIA

Em nota, a Secretaria Municipal de Comunicação destaca que em dezembro de 2022, São Mateus registrava um estoque de 3.047 postos de trabalho somente no setor da indústria. Já os dados de maio de 2024 mostram que o setor aumentou o estoque de empregos para 5.302, sinalizando um crescimento de 74%.

Em segundo lugar, puxando os números para cima, está o setor da agropecuária, que saltou de 2.429 empregos formais em dezembro de 2020 para 3.736 em maio de 2024, crescendo 53,8%.

A Secretaria de Comunicação detalha ainda que todos os outros setores da economia registraram crescimento na geração de empregos nos últimos quatro anos, com aumentos de 43,6% na construção civil, 31,6% nos serviços e 21,2% no comércio.

 

Foto do destaque: TC Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here