As frutas e hortaliças devem se apresentar bem mais em conta para o consumidor nos próximos dias. É que os produtos tiveram baixa de preços no mês de julho nas principais Centrais de Abastecimento (Ceasas) do País, o que pode se refletir também nas compras de varejo. O grande destaque entre os produtos pesquisados foi o tomate, que chegou a cair quase 40% em Recife e cerca de 30% em Brasília, Goiânia e Vitória. A análise é do 8º Boletim Prohort, apresentado nesta terça-feira (20), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Mesmo com a queda de preços na maioria dos mercados, batata, cenoura e tomate ainda estão mais caros do que os valores que apresentaram no mesmo período em 2018. A cebola, inclusive, registrou altas de preços significativas, próximas ou acima dos 30%, em todos os mercados analisados nesta edição.

Com relação à cenoura, a safra de inverno deve intensificar a oferta aos mercados e diminuir os preços em agosto. Por outro lado, a batata vem sofrendo redução de oferta anualmente, sobretudo nesta safra de Inverno, suprida em grande parte pelos estados de Minas Gerais e Goiás. O maior destaque na queda de preços ocorreu em Curitiba
A banana teve queda de preços na maioria das Ceasas, o que ocorreu em razão do aumento da oferta e da baixa qualidade do produto devido ao frio. A exceção foi a banana nanica, que finalizou o mês com tendência de alta nas cotações. A laranja também seguiu a baixa pelo terceiro mês consecutivo. A colheita das laranjas rubi, hamlin, westin e baía praticamente acabou, e da laranja pera foi intensificada.

Leia também:   Ataques na Arábia Saudita provocam alta nos preços do petróleo

A melancia sofreu novamente queda de preços nas roças, o que refletiu também nos entrepostos. Quem ficou na contramão dos preços baixos foi o mamão que registrou trajetória de alta de preços em todas as Ceasas. Isso porque, além de ter diminuído a oferta do produto, a espécie papaia teve supervalorização e demorou mais a amadurecer por conta do frio.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here