SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Por priorizar as competições de mata-mata nos últimos anos, o Grêmio acabou rotulado. Repetidamente, o time tricolor foi cobrado por “desvalorizar” o Campeonato Brasileiro. E é exatamente o contrário que quer mostrar nesta temporada. Renato Gaúcho tem, na recuperação conquistada na competição de pontos corridos, um dos pilares da “decolagem” do time.

E com uma sequência de sete jogos de invencibilidade, o Grêmio tenta se manter em ascensão nesta segunda-feira (30), às 18h, contra o Goiás, em Porto Alegre (RS), em jogo atrasado da sexta rodada. A equipe de Renato Gaúcho vem de empate com o Corinthians e já não sabe o que é perder desde o dia 11 de outubro. São cinco vitórias e dois empates pelo Brasileiro nesse período.

A estratégia de dar ênfase aos torneios eliminatórios deu certo nos primeiros anos de trabalho do técnico. Os gaúchos conquistaram a Copa do Brasil de 2016 e a Libertadores de 2017. Ao mesmo tempo, a torcida ficou com gosto amargo de sentir que poderia ter brigado mais pelo topo do Brasileirão, ainda que as campanhas também fossem boas no torneio.

Leia também:   "Novo Galhardo" move o Inter diante do Goiás

Quando precisava preservar jogadores para ter um time mais forte em determinada competição, era regra: Portaluppi sacava jogadores dos duelos do Brasileiro para ir com tudo nas Copas. Em 2020 não está sendo assim. O Grêmio está dando valor ímpar ao Brasileirão e Renato avisa que o time tentará ter todos titulares em campo sempre.

“Temos que pensar no Brasileiro, todo jogo é uma decisão. Vamos esquecer a vantagem que conquistamos na Libertadores e só pensar nela mais perto do jogo de volta. Precisamos estar focados para seguir crescendo na competição”, disse o treinador.

Agora, o clube percebe possibilidade real de brigar no topo da competição. Ainda que não tenha começado bem, o Grêmio é oitavo colocado, tem um jogo a menos que a maioria dos concorrentes, e está próximo do pelotão de cima. Se vencer o Goiás nesta segunda-feira, ficará cinco pontos atrás do primeiro colocado.

Para essa partida, o Grêmio deve ir com força máxima. Apesar de ter um jogo pela Libertadores na próxima quinta-feira (3), a equipe tricolor tem a folga por ter vencido a partida de ida sobre o Guarani, no Paraguai, por 2 a 0.

Leia também:   Inter vence o Goiás no Beira-Rio e fica a três pontos do São Paulo

Já o Goiás, que ocupa a lanterna, ainda tenta sobreviver no campeonato. Com 16 pontos, vem de empate com o Fortaleza fora de casa e ainda obteve um grande resultado no fim de semana passado ao vencer o Palmeiras em casa.

GRÊMIO
Vanderlei; Orejuela, Geromel (David Braz), Kannemann, Cortez; Darlan, Matheus Henrique, Luiz Fernando, Jean Pyerre, Pepê; Diego Souza. T.: Renato Gaúcho

GOIÁS
Tadeu; Taylon, Fábio Sanches, David Duarte, Jefferson; Ariel Cabral, Breno, Miguel Figueira, Shaylon; Keko, Fernandão. T.: Augusto César

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS
Horário: 18h desta segunda-feira
Juiz: Sávio Pereira Sampaio (DF)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here