Começou nesta segunda-feira (7) a Semana Caixa de Conciliação, evento realizado pelo banco para clientes pessoas físicas e jurídicas renegociarem, com condições especiais, contratos comerciais ajuizados. De acordo com a Assessoria de Comunicação da Caixa, cerca de 120 mil clientes de todo o País poderão regularizar os débitos de forma facilitada, com descontos de até 90% para liquidação à vista, além de outras condições que variam de acordo com a situação do contrato e o tipo de operação de crédito.

“A ação abrange cerca de 71 mil clientes pessoas físicas, dos quais um quarto poderá quitar suas dívidas à vista por valores inferiores a R$ 1 mil, e 50 mil pessoas jurídicas, dos quais mais de 44% tem possibilidade de quitar à vista com valores inferiores a R$ 10 mil”, destaca a Caixa.

A iniciativa tem como objetivo finalizar os processos judiciais de maneira conciliatória, extinguindo a ação e possibilitando o resgate do poder de compra, pagamento e crédito do cliente no mercado, com a retirada das restrições dos cadastros externos.

Leia também:   Após contestações, Caixa estuda reduzir taxa de administração do FGTS

Para o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a conciliação é a forma mais rápida, eficiente e menos onerosa, para todas as partes, de encerrar um processo judicial, além de permitir aos clientes o resgate de sua cidadania financeira. “Nosso objetivo é promover condições para que os clientes com dificuldades financeiras possam regularizar sua situação de forma simples e vantajosa, além de contribuir para desonerar a justiça brasileira”, ressalta.

A Semana Caixa de Conciliação vai até sexta-feira (11) em todo o País. Os clientes que receberam carta-convite da Caixa poderão ser atendidos nas agências do banco ou em determinadas varas da Justiça Federal. A lista completa com os locais de atendimento pode ser conferida em: www.caixa.gov.br/vocenoazul.

VOCÊ NO AZUL

“A Semana Caixa de Conciliação faz parte da campanha Você no Azul, que oferece aos clientes que possuem débitos em atraso há mais de 360 dias, além das vantagens para liquidação à vista, várias alternativas de renegociação. Até o momento, foram regularizadas dívidas de 276 mil clientes, o que corresponde a R$ 2,4 bilhões em débitos liquidados”.

Leia também:   Após contestações, Caixa estuda reduzir taxa de administração do FGTS

Ainda de acordo com o banco, no crédito comercial, é possível unificar os contratos em atraso e parcelar a dívida em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer, ou ainda efetuar a repactuação de dívida, com possibilidade de aumento do prazo.

Conforme explica a Caixa, nos contratos habitacionais, 114 mil clientes já regularizam suas dívidas, o que corresponde a mais de R$ 10,1 bilhões renegociados. “Nesta modalidade, os clientes podem pagar uma entrada e incorporar as demais parcelas em atraso, realizar acordo com um pagamento inicial ou utilizar o saldo do FGTS para reduzir em até 80% o valor de 12 prestações, inclusive até três delas em atraso. As condições variam de acordo com as características do contrato e tipo de operação”.

Como parte da campanha, a Caixa frisa que possui também a modalidade Você no Azul na Estrada, que realiza atendimento diferenciado aos caminhoneiros. “Nesta ação, o banco já beneficiou 30 mil clientes e mais de R$ 1 bilhão em contratos regularizados. A campanha Você no Azul vai até 31 de dezembro. Os clientes poderão também ser contatados por empresas de recuperação de crédito, contratadas pela Caixa, além de SMS e outras formas de comunicação que têm como objetivo divulgar as alternativas negociais disponíveis”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here