O prefeito em exercício Aílton Caffeu, junto com vereadores e secretários, terá reunião com o governador Renato Casagrande amanhã, às 11h, no Palácio Anchieta, em Vitória. Em pauta, a busca de soluções emergenciais e a médio prazo para o problema de abastecimento de água potável em São Mateus.

Uma reunião com todo o secretariado, com a participação do presidente da Câmara de São Mateus Paulo Fundão e demais vereadores, o diretor interino do Saae, Antônio Carlos Luiz de Souza, empresários e outras lideranças do Município ocorreu na tarde desta segunda-feira (4), no Centro Administrativo da Prefeitura, no Bairro Carapina.

Diante do avanço da cunha salina rio acima, até o ponto de captação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), o Município voltou a enfrentar problemas de abastecimento, gerando reclamações na cidade.

Além da reunião com o governador Renato Casagrande, Caffeu disse ainda que nesta terça-feira, às 8h, uma comissão da Prefeitura, e outras lideranças, deve fazer uma visita técnica ao Córrego Bamburral, após o Bairro Santa Teresa no sentido Nova Venécia, para observar o local sugerido para a construção de uma barragem. Já existe, inclusive, um projeto de uma barragem no Bamburral apresentado pela Assenor. A ideia de Caffeu é levar novamente essa reivindicação ao governador.

Leia também:   Espírito Santo passa dos 600 mil curados de covid-19

“Minhas primeiras ações são relacionadas à água para São Mateus. Pessoas estão sofrendo, não só na Cidade, como no interior” – disse Caffeu, em entrevista à Rede TC de Comunicações. Outra reivindicação que o prefeito em exercício garantiu que levará ao governador é o pedido de concessão de dez caminhões-pipa para auxiliar no abastecimento de água na Cidade.

Análise sobre secretariado

O prefeito em exercício Aílton Caffeu assumiu a Prefeitura em razão do afastamento do prefeito Daniel Santana, determinado na semana passada pelo desembargador Marcelo Granado, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), com sede no Rio de Janeiro.

Em entrevista, Caffeu disse que está fazendo uma análise sobre o atual secretariado para decidir sobre mudanças ou não. No domingo, após ser empossado, ele frisou que não pretendia realizar nenhuma mudança. Porém, nessa segunda, ele sinalizou que deverá fazer algumas mudanças no primeiro escalão.

Presentes na posse, os advogados Uriel Moreira e Marcelo Pichara também participaram da reunião dessa segunda-feira. Caffeu acrescentou que os dois estão contribuindo com ele neste momento em que assume a Prefeitura interinamente e que devem ser nomeados em pastas no Executivo, mas sem citar em quais.

Leia também:   Espírito Santo segue com os 78 municípios em risco baixo de covid-19

Ainda entre os presentes na reunião desta segunda, estavam o padre Patric da Silva Wanderley, o empresário Jacimar Zanelato, o ex-vereador Francisco Botelho Neto, secretários municipais e outras lideranças.

 

Foto de destaque: Claudio Caterinque/TC Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here