RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O Botafogo informou, na tarde desta terça-feira (2), que profissionais do departamento de futebol, entre jogadores e membros da comissão técnica, “foram afetados por um surto de virose gastrointestinal e tiveram suas atividades impactadas neste início de semana”.

O clube alvinegro não especificou o número e os nomes dos atingidos pelo problema, e ressaltou que está empregando “os máximos esforços e cuidados para plena recuperação de todos o mais rápido possível”.

No sábado (6), o time carioca encara o Ceará, no Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Luís Castro tem 24 pontos na competição, e busca dar novos passos para abrir vantagem em relação à zona de rebaixamento.

Antes do duelo com o Corinthians, no último sábado (3), o Botafogo avisou que Eduardo seria desfalque após “apresentar mal-estar e febre no vestiário”. Na oportunidade, o clube informou que “foi realizado teste de covid-19, que deu negativo” e que o jogador estava “sendo assistido pelos médicos alvinegros”.
*

ÍNTEGRA DA NOTA DO BOTAFOGO

Leia também:   Goleiros se destacam, e Botafogo e Atlético-GO empatam pelo Brasileirão

“Cerca de dez profissionais do Departamento de Futebol, entre atletas e membros da comissão técnica, foram afetados por um surto de virose gastrointestinal e tiveram suas atividades impactadas neste início de semana. O Clube está envidando os máximos esforços e cuidados para plena recuperação de todos o mais rápido possível”.

 

Foto do destaque: botafogo.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here