A escritora capixaba Bernadete Lyra planeja o lançamento do mais novo livro Ulpiana, na cidade natal, Conceição da Barra. A previsão dela é de que o lançamento, inicialmente em Vitória, possa ser feito em um encontro de escritores a ser realizado em março em Conceição da Barra.

Depois de relançar o livro Memórias das ruínas de Creta e o inédito O jogo dos filmes, Bernadette Lyra, aos 80 anos de idade, prepara agora o lançamento de Ulpiana. “O livro fala sobre a solidão na velhice e a história se desenvolve a partir de um grave acontecimento envolvendo uma mulher de 70 anos”, relata a assessoria da escritora. Ulpiana deve ser lançado entre março e abril deste ano.

UFES
Bernadette Lyra passou a integrar o corpo docente da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades. Ela foi aluna de graduação do curso de Letras da Ufes, onde atuou também como professora até aposentar-se, em 1991, sendo até hoje professora emérita. Agora está de volta à sala de aula.

Leia também:   Pedagoga Marília lança livro hoje à noite na FVC

Nascida em Conceição da Barra, Bernadette Lyra fez mestrado em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), doutorado em Cinema pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado na Université René Descartes/Sorbonne (Paris V) na França.

Escolhida em 2018 como Pesquisadora do Ano pela Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine), Bernadette Lyra é autora de livros e artigos sobre cinema e audiovisual, sendo premiada diversas vezes com publicações no Brasil e no exterior. Dos doze livros já publicados, o mais recente é o romance A Capitoa. Recentemente, lançou uma edição comemorativa de 20 anos do livro Memórias das Ruínas de Creta, que na época foi indicado ao Prêmio Jabuti, e o livro sobre cinema O Jogo dos Filmes, ambos pela editora paulista Lapis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here