Como forma de promover o crescimento e a consolidação econômica de negócios na Região norte do Estado, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), em parceria com a Associação Empresarial do Litoral Norte (Assenor), recebe empresários da região para apresentar os produtos e serviços disponíveis. O evento será na sede da Associação, em São Mateus, nesta quinta-feira (14), a partir das 18 horas.

Na oportunidade, o diretor de Negócios do Bandes, Marcos Kneip Navarro, apresenta os programas de fomento, a disponibilidade das linhas de financiamento e as respectivas condições operacionais para o empresariado. Navarro destaca que a ação conjunta com entidades representativas empresariais fortalece a atuação do banco.

“A parceria é uma forma de expandirmos nossa atuação e atender a projetos que possam dar dinamismo à região. Além disso, o Bandes pode contribuir com sua expertise de instituição focada no desenvolvimento socioeconômico, apresentando soluções adequadas às demandas de investimento necessárias para que os empresários possam financiar novos projetos, focando no aumento da competitividade”, afirma Navarro.

O Bandes oferece linhas de financiamento que atendem empresas de diferentes portes e modelos de negócio, contribuindo com a disponibilidade de recursos para o investimento na implantação, modernização, inovação, aquisição de maquinário e capital de giro. A Assenor reúne empresários de Conceição da Barra, Pedro Canário, Jaguaré, São Mateus e litoral de Aracruz.

Leia também:   Dois municípios do norte do ES estão há mais de 100 dias sem registrar óbito por covid

Devido à importância, o Bandes atua como um dos principais apoiadores das empresas deste porte econômico. Um levantamento recente feito pelo Bandes apontou que 95% dos financiamentos do Fundo de Proteção ao Emprego, principal linha do banco para atendimento às empresas impactadas pela crise econômica e sanitária, foram destinados às empresas capixabas de micro e pequeno portes.

O crédito do Fundo de Proteção ao Emprego é destinado para as empresas de todo o Estado, oferecendo condições para que mantenham as atividades produtivas. Para a contratação, o empresário pode solicitar atendimento da equipe do banco, via website, por meio do link bandes.com.br/emergencial.

Atualmente, com cerca de R$ 93 milhões em recursos em contratação, os recursos do Fundo de Proteção ao Emprego financiam capital de giro com prazo de até 72 meses para pagar, incluídos 12 meses de carência. A linha é considerada sem juros, uma vez que o recurso financiado só tem correção pela taxa Selic. O financiamento contempla projetos de investimento de R$ 31,5 mil até R$ 1 milhão.

Leia também:   Poesias de alunas da Escola Américo Silvares integram o Livro do Rio, da 1ª Festa da Palavra

 

Foto do destaque: GovernoES/Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here