DIRETOR DO DER-ES ACREDITA NA VIABILIDADE ELEITORAL DE

AMADEU E DECLARA APOIO, CASO SEJA CONFIRMADA A CANDIDATURA

 

São Mateus – Ao confirmar permanência como diretor-presidente do Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) e, consequentemente, não ser candidato a prefeito de São Mateus neste ano, Freitas (PSB) diz que manterá militância por uma coalizão partidária, política e das lideranças da sociedade civil nas Eleições 2024. Em entrevista coletiva na manhã de ontem no auditório do Norte Palace Hotel, ele declarou apoio para uma possível candidatura majoritária do ex-prefeito Amadeu Boroto (MDB).

“Uma decisão difícil, que precisou ter muito equilíbrio, muita maturidade, sobretudo responsabilidade com a missão que nós temos hoje, de estar no Governo Renato Casagrande, mais organizado do Brasil e da história do Espírito Santo” – afirmou na entrevista.

Uma decisão difícil, que precisou ter muito equilíbrio, muita maturidade, manifesta Freitas sobre a permanência no DER-ES, o que inviabiliza a candidatura dele nestas eleições. Foto: Wellington Prado-TC Digital/Divulgação

Freitas frisou que, mesmo sem ter declarado que seria pré-candidato a prefeito, criou-se na Cidade uma expectativa em torno do nome dele. Diante disso, disse que refletiu com a família, com o PSB e com o governador Renato Casagrande, antes de decidir continuar no DER-ES.

“Neste momento eu contribuo mais para o nosso município permanecendo onde estou. Afinal, viabilizamos e estamos executando investimentos robustos, como o Complexo de Saúde do Norte, o Contorno de São Mateus, a pavimentação da Rodovia ES-010 (Barra Nova-Guriri), a duplicação da Othovarino Duarte Santos, a ampliação de escolas, a macrodrenagem de Guriri, dentre outros tantos investimentos na mesma proporção em todos os 78 municípios do nosso Estado” – sustenta.

 

PRAZOS

Na quinta-feira, 6 de junho, encerrou o prazo de desincompatibilização para cargos de segundo escalão para quem pretende ser candidato a prefeito e a vice-prefeito nas eleições deste ano. Como Freitas preferiu manter-se na direção do DER-ES, ele fica impossibilitado de se candidatar nas eleições deste ano.

 

“Acreditamos na viabilidade política de Amadeu”

 

São Mateus – Na entrevista, Freitas afirmou que acredita na viabilidade política do ex-prefeito Amadeu Boroto nas Eleições 2024. “Identificamos nesse cenário que o Amadeu goza de prerrogativas importantes para ser o candidato a prefeito de São Mateus neste tempo e, assim sendo, aportaremos nosso apoio para que tenhamos a oportunidade de sonhar novamente com um município organizado e com uma gestão feita de forma democrática e republicana, gerando oportunidade para todos os mateenses”, sustenta.

“Tem uma particularidade de aguardar uma decisão judicial. Acredito que deve estar por acontecer essa decisão e, sendo favorável, particularmente acredito que o MDB do vice-governador Ricardo Ferraço, e até o governador, em sendo positiva a essa decisão, estaremos empenhados em ajudar o Amadeu a se tornar o prefeito da nossa cidade” – reforça.

Ainda na entrevista estiveram presentes lideranças que já se declararam pré-candidatos a prefeito, sendo Clebson Bazoni (PSDB), Ferreira Júnior (Rede), Eguinaldo Andrade (PCdoB), além do presidente da Câmara, vereador Paulo Fundão, e os vereadores Carlinhos Simião, Pia e Lailson da Aroeira.

 

Amadeu Boroto avalia que permanência de Freitas no DER-ES foi decisão correta

Amadeu disse que está resolvendo, primeiro, problemas particulares, antes de falar em uma possível pré-candidatura. Foto: TC Digital/Divulgação

São Mateus – Após a declaração de Freitas, a Reportagem procurou o ex-prefeito Amadeu Boroto. Presidente municipal do MDB, ele avaliou como sendo “uma decisão correta de Freitas em permanecer no DER-ES, mostrando que tem pessoas que estão preocupadas com o Município”.

“A pessoa, como diretor do DER-ES, largar para poder ir para uma candidatura e não ter a certeza? Porque ganhar a eleição é complicado. Mas acho que fez o correto. Lá ele ajuda mais os municípios, muito mais o Município de São Mateus. É um período curto, ele terá a chance daqui a dois anos voltar ser deputado e daqui a um tempo mais ser candidato a prefeito” – manifestou.

Amadeu salientou que até a ligação da Reportagem ainda não estava ciente da declaração de Freitas de permanecer no DER-ES e do apoio a ele nas Eleições 2024. Contudo, disse que busca resolver os problemas particulares, que seria a busca pela elegibilidade.

“Eu tenho problemas particulares para resolver primeiro, para depois a gente discutir. Eu não posso ir para uma pré-candidatura de qualquer jeito, se não tiver apoio do vice-governador, do governador Renato Casagrande, do partido, da sociedade civil organizada, não adianta ser candidato. Mas primeiro estou resolvendo meus problemas particulares para depois poder falar” – complementou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here