SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Anitta, 28, foi eleita a “Melhor Artista Feminina” no Latin America Music Awards, evento que premia cantores da América Latina e aconteceu em Miami, nos Estados Unidos, na noite desta quinta-feira (15). Ela venceu nomes como Becky G, Karol G, Natti Natasha e Shakira.

“Meu Deus, muito obrigada! Antes de tudo, que emoção estar aqui. O Brasil é um país latino, mas falamos português, isso faz com que as coisas se dividam um pouco. Vir aqui e aprender toda essa cultura incrível em espanhol, os cantores, a música, é algo incrível. Muito obrigada pelo espaço e por tudo!”, agradeceu a artista, em espanhol, ao receber o troféu.

Esta foi a terceira vez que Anitta representou o Brasil na premiação. Além da categoria que saiu vencedora, a cantora disputou o prêmio de “Artista Social do Ano”. Ela se apresentou no evento usando um macacão Gucci pink justíssimo e junto com Wisin, Myke Towers e Maluma cantou o hit “Mi Niña”.

Já na hora de receber o prêmio, Anitta usava um top com mangas pretas, que deixava sua barriga de fora e uma saia transparente e brilhante com uma calcinha fio-dental, feito pelo estilista David Koma.

Leia também:   Covid descontrolada entre trabalhadores rurais expõe exploração de imigrantes em Portugal

A cantora quase ficou de fora da apresentação ao fazer um teste rápido de Covid-19 que apresentou o resultado positivo. Porém, a assessoria da artista afirmou, em comunicado, que outros dois testes realizados pela brasileira deram negativo.

“Esclarecimento Anitta Latin Amas: Para participar do prêmio Latin Ama, a cantora Anitta realizou (na última segunda-feira – 12/04) um teste do tipo ‘rápido’ para detectar o corona vírus e o resultado foi ‘positivo'”, começou.

“Após esse exame, a produção do prêmio solicitou novamente outros dois testes como contra-provas do tipo PCR laboratoriais, que resultaram negativos”, concluiu a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here