Enfurecido após ser repreendido por usar o telefone celular dentro de uma sala de aula durante uma prova, um estudante de 21 anos ameaçou arrancar as duas pernas da professora, de 51, e ainda disse o seguinte: “no semestre que vem você vai ver o que vou fazer com você”. O registro foi feito pela Polícia Militar em boletim de ocorrência unificado lavrado às 21h desta terça-feira (9), na Escola Estadual Wallace Castelo Dutra, em Guriri. O jovem foi conduzido para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus para as medidas necessárias e responderá por crime de ameaça.

Para a polícia, a professora relatou que estava aplicando prova para os demais estudantes quando o acusado entrou na sala usando o telefone celular. A professora disse que pediu ao aluno para que guardasse o aparelho, no entanto ele não deu importância, ignorou a ordem e continuou usando o telefone. Ainda de acordo com o BO, a professora acionou a direção da escola para intervir, momento em que o aluno começou a ficar muito agressivo, xingando a professora com palavras de baixo calão e a ameaçando.

Leia também:   Corpo de padre Antonio Pianca será sepultado nesta terça na Itália

A professora frisou que não foi a primeira vez que recebeu ameaças de agressão física do aluno e disse que iria fazer uma representação contra ele na Justiça. A PM registra que ao ser abordado, o aluno não negou as acusações, dizendo que apenas teria ficado nervoso com a professora porque estava terminando uma ligação.

São Mateus-ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here