SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Com a vitória alemã por 4 a 0 em cima de Belarus, neste sábado (16), mais o resultado favorável entre Holanda e Irlanda do Norte, os tetracampeões mundiais estão classificados para a Euro Copa 2020. A partida aconteceu no Borussia-Park e foi marcada pelo domínio quase que total dos alemães, com pequenos sustos dos bielorussos.

O empate em 0 a 0 entre os outros adversários do grupo C deixou condições favoráveis para a Alemanha se classificar em um jogo com jogadas bonitas, muitos chutes ao gol e com a equipe alemã sem dar moleza em busca da qualificação. Toni Kroos marcou dois, Ginter marcou um e Goretzka também fez o seu.

A penúltima etapa classificou com antecedência Alemanha e Holanda, as outras três equipes do grupo C, Irlanda do Norte, Bielorussia e Estônia, estão eliminadas. A vitória deixou a Alemanha com 18 pontos, em primeiro lugar no grupo, e a Holanda ficou com 16 pontos após o empate com a Irlanda do Norte.

Mesmo com a qualificação definida, a equipe alemã enfrentará a norte irlandesa na próxima terça-feira (19), mesmo dia em que Holanda enfrentará a Estônia.

Leia também:   Grandes caem? Só minoria escapou da Série B no futebol europeu

PRESSÃO
Um jogo de muita pressão marcou a vitória da Alemanha sobre Belarus na fase de qualificação da Eurocopa. A partida aconteceu no Borussia-Park e teve domínio quase total dos alemães, com pequenos sustos dos bielorussos.

O resultado faz jus à atuação da equipe alemã que pressionou o adversário desde o começo. Aos três minutos de jogo Goretzka recebeu livre um cruzamento de Klostermann – o qual foi essencial para construir jogadas no primeiro tempo – mas a bola foi para fora.

Tentando a construção de jogada de ligação direta, Belarus deu o primeiro susto com chute de Laptev para Kovalev. Antes do bandeirinha marcar o impedimento do meia, o goleiro Neuer defendeu com segurança.

Com 74% de posse bola, foram 4 finalizações alemãs ainda aos 15 minutos do primeiro tempo colocando o goleiro bielorusso para trabalhar. A equipe alemã não parou de pressionar, Toni Kroos, Werner e Gnarby chegaram muito perto de marcar.

Teve bomba de Kroos segurada pelo goleiro Gutor, bolas no lado de fora da rede por Gnarby, Gundogan, e novamente Toni Kroos. Houve chutes por cima do gol, e mais defesas de Gutor totalizando 23 finalizações alemãs no primeiro tempo.

Leia também:   Arquibancada – Por Wellington Prado • Edição 6.401

A equipe de Belarus deu mais um susto grande ao Nekhajchik chegar pela esquerda e soltar uma bomba na direção de Neuer que fez uma bela defesa de mão trocada.

Aos, 40 minutos, finalmente uma finalização da Alemanha entrou, e Ginter marcou com toque de letra após troca de passes da equipe e cruzamento certeiro de Gnarby.

A segunda etapa não começou diferente, com pressão e jogada ensaiada na cobrança de escanteio aos 4 minutos, Goretzka bateu de primeira e marcou mais um para a Alemanha. O terceiro veio aos 9 minutos com um chute de Kroos na boca da área que deixou o defensor do gol bielorusso imóvel.

Novamente poucos sustos de Belarus. Kovalev, que cabeceou uma para fora, e Igor Stasevich foram os que mais avançaram, mas sem sucesso. O atacante bielorusso Lisakovich entrou no segundo tempo e fez algumas tentativas. Nekhajchik também tentou uma bomba no gol, mas o goleiro Neuer defendeu.

Belarus começou a reagir, chegou mais na área e sofreu um pênalti em Nekhajchik. Stasevich bateu e o goleiro Neuer não deixou entrar, tirando as poucas esperanças de marcar de Belarus.

Leia também:   Seleção brasileira feminina volta ao top 10 de ranking da Fifa

A equipe alemã não parou, aos 37 finais Kroos marcou mais um e garantiu a classificação alemã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here