THIAGO FERRI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O técnico do Palmeiras Abel Ferreira escolheu Felipe Melo e Zé Rafael para começarem a final da Copa do Brasil contra o Grêmio no domingo (28), deixando Danilo e Gabriel Menino no banco de reservas.

Foto: Cesar Greco/Palmeiras.

A decisão por não usar os garotos chegou a gerar reclamações nas redes sociais antes da partida, mas especialmente o camisa 30 teve participação importante e reconhecida por torcedores na vitória por 1 a 0.

Felipe entrou no lugar de Danilo, que brilhou na final da Copa Libertadores, mas, segundo Abel Ferreira, teve uma lesão depois do Mundial. O clube chegou a poupá-lo de duas rodadas do Campeonato Brasileiro, e o camisa 28 voltou contra o Atlético-MG, quando entrou no segundo tempo.

Enquanto o garoto de 19 anos de idade tem mais mobilidade, Felipe Melo jogou à frente da zaga e teve como uma de suas responsabilidades dificultar o jogo de troca de passes do Grêmio na entrada da área, uma das armas da equipe de Renato Gaúcho.

Leia também:   Flamengo e Palmeiras alimentam rivalidade na Supercopa do Brasil

A estratégia funcionou, já que o Palmeiras só foi sofrer mais riscos depois da expulsão de Luan.

De acordo com dados do Sofa Score, o capitão acertou 20 dos 26 passes que tentou, cortou três jogadas, travou um chute, fez duas interceptações e não foi driblado.

No caso de Gabriel Menino, o meio-campista voltou contra o Grêmio de um entorse no tornozelo direito, e o treinador disse que, por princípio, não coloca jogadores que estão retornando de lesão logo como titulares.

Zé Rafael, que viveu bons momentos na temporada, ganhou um descanso maior após o Mundial por ter jogado no sacrifício. “O Zé tem sido um campeão, pelo que ele tem sofrido este ano, jogando várias vezes sem estar 100%.”

“As pessoas pensam que é fácil chegar nas finais. Temos de lembrar do surto de Covid-19, o Ramires que deixou o clube, as lesões, e temos de revezar. O Zé foi um dos mais massacrados [pela sequência de jogos]”, disse Abel.

“Quando voltamos do Mundial, queríamos que os jogos passassem sem lesões. O Danilo teve lesão, o Zé Rafael lesionou, o Menino lesionou. Recuperamos o Wesley, o Zé e o Veron. Agora sabemos que o Grêmio tem jogadores que tratam bem a bola, sabíamos disso, fomos competentes.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here