São Mateus – Guriri já tem fama de ter praias muito tranquilas, onde os turistas buscam paz e descanso. No entanto, tem aqueles banhistas que buscam ainda mais sossego e, porque não, praias exclusivas. Com 42 quilômetros de costa atlântica, há opções para todos aqueles que não querem aglomeração.

Na manhã de ontem a Reportagem encontrou, ao norte, entre o Guriri Beach e o Tamar, o casal Maria das Graças da Silva de Almeida e Roberto Dias de Almeida, que faziam companhia para a filha Larissa Silva de Almeida Capila e o netinho Pedro Miguel, de apenas 5 meses de vida. Debaixo de uma sombra, assistiam a vida passar com mais paz e tranquilidade. Exatamente como preferem.

Roberto é técnico de mecânica aposentado. Até agosto de 2019 morava na Serra, mas, em busca de sossego, elegeu a Ilha de Guriri para morar. A filha dele, Larissa, que continua morando na Serra junto com o marido, aproveitou alguns dias de folga para visitar os pais e ao mesmo tempo levar o neto para eles conhecerem.

Leia também:   Na pandemia, MEC registra o menor gasto para educação básica da década

As praias mais ao norte são os locais preferidos da família por ter mais espaço para manterem o distanciamento social em tempos de pandemia do novo coronavírus. Roberto afirma que as praias da área central têm “muita agitação” com a galera mais jovem ouvindo som que, no caso dele, incomoda.

“Prefiro ir à praia pela manhã, quando tem mais espaço na areia, a maré está baixa e dá para aproveitar as piscinas naturais que se formam. É um paraíso, a água é morna, uma delícia” – afirma Larissa.

“Estamos morando em Guriri há mais de um ano e já conhecemos muita gente, a dona da barraca é nossa amiga. A gente gosta da praia mais sossegada, eu prefiro ainda mais lá pra frente” – diz Roberto, apontando para o sentido norte.

“É qualidade de vida!”, complementa Dona Graça.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here